Você consegue identificar esses símbolos matemáticos?

Por: Jacqueline Samaroo

Em adição, os termos "parcelas" ou "somandos" são usados para os números que estão sendo adicionados. O termo "somatória" é usado para o resultado da adição.

O símbolo da divisão com uma linha e dois pontos (um em cima e outro embaixo) é conhecido como "barra da divisão". Na divisão, os termos dividendo, divisor e quociente representando o número sendo dividido, por quanto está sendo dividido e o resultado, respectivamente.

É necessário, pelo menos, dois operandos para se fazer um produto. Operandos são números que são multiplicados e o produto é o resultado. Os termos "multiplicando" e "multiplicador" também são usados para mostrar qual número está sendo multiplicado (multiplicando) e por quantos vezes (multiplicador).

Números em uma subtração têm nomes específicos. Minuendo (o número que será subtraído); subtraendo (o número que subtrairá); e diferença ou resto (resultado da subtração). Então, minuendo - subtraendo = diferença/resto

Os símbolos de "maior que" e "menor que" devem ser pensados como sinais de ângulo que mudam seus significados dependendo das suas orientações. O símbolo sempre abre em direção ao lado que é maior e aponta para o lado que é menor.

A linha de divisão horizontal, ou barra de fração, é, às vezes, chamada de vinculum (embora tal informação não seja muita precisa). Quando a barra é usada para divisão, a linha é chamada de barra comum.

O sinal de igualdade (representado por um par de linhas horizontais) foi inventado pelo médico e matemático gaulês Robert Recorde em 1557. Mesmo depois de sua invenção, até mais ou menos no século XVIII, um par de linhas paralelas verticais também era usado para indicar "igual a".

O termo "menor que" é usado para se referir a quantidades (por exemplo, 6 é menor que 7). Entretanto, o termo "menos que" é usado para se referir a qualidade, ou seja, uma coisa é inferior a outra.

Os delimitadores possuem várias formas e têm vários usos na matemática. Os tipos mais comuns são parêntesis ( ); colchetes [ ], chaves { } e chevron < >.

"Menos que" ou "maior que" são desigualdades verdadeiras, pois as duas coisas sendo comparadas pelo símbolo nunca são iguais. Enquanto nós, geralmente, nos referimos a "menos que ou igual a" e "maior que ou igual a" como desigualdades, elas, na verdade, não são, no sentido restrito da palavra.

O cálculo e o uso da raiz quadrada podem ser associados a diversas civilizações antigas. O uso moderno do símbolo da raiz quadrada, entretanto, foi registrado pela primeira vez em papel no século XVI.

Tanto o "menos que ou igual a" ou "maior que ou igual a " contêm uma combinação de dois símbolos. Eles são os sinais de desigualdade (< ou >) e o símbolo de igualdade (=). Em alguns casos, a linha de baixo é inclinada para acompanhar o símbolo de desigualdade, em outros, ela é reta.

Padeiros usam a porcentagem como uma forma de comparar a quantidade de cada ingrediente em relação ao total de farinha em uma receita. Então, uma receita de 50% de açúcar não significa que o açúcar fará parte da metade dos ingredientes da receita, mas que essa quantidade de açúcar usada é a metade da quantidade da farinha usada.

Embora frequentemente usado em alternação com o termo colchetes, os parênteses são sinais gráficos curvos. Isto é, em oposição aos parênteses retos ou outros tipos.

Matemáticos antigos sempre conheceram e trabalharam com raízes cúbicas. Existem evidências de cálculos de raiz cúbica pelos babilônios, datando até 1800 aC.

A palavra "ângulo" se refere a quantidade de volta entre duas linhas (ou raios) que compartilham um ponto final em comum. As linhas são, às vezes, chamadas de semirretas, enquanto o ponto final em comum é o vértice.

O uso do número 360 como o total de graus em uma rotação completa (um círculo) pode ser datado até em civilizações antigas. Pensa-se que está conectado ao uso dos sistemas de base secenta, sexagesimal.

Uma definição simples de um ângulo esférico é que é um ângulo formado por dois grandes círculos em intersecção em uma esfera. Mais precisamente, entretanto, é o ângulo formado pelos planos que contêm grandes círculos.

Se você selecionar dois pontos na circunferência de um círculo, eles irão dividir a circunferência em dois arcos. Quando dois pontos são diretamente opostos um em relação ao outro, os arcos são iguais em comprimento. Caso contrário, eles ficam como o arco maior (mais comprido) e o arco menor (mais curto).

Existem muitas maneiras diferentes de medir o tamanho de um ângulo. De longe, as medidas mais frequentemente usadas são o grau e o radiano.

Linhas paralelas vão na mesma direção, estão à mesma distância e nunca se encontram. O mesmo é verdade para linhas paralelas curvas e planos paralelos.

Um ângulo reto, também chamado de um quarto de volta, mede exatamente 90 graus. Triângulos que incluem ângulos retos são chamados de triângulos retângulo.

Pi, a relação da circunferência de um círculo com seu diâmetro, é um número irracional. O Pi é um número infinito de dígitos que vão e vão, sem algum padrão. Uma vez, já foi calculado até 2 quatrilhões de dígitos.

Tanto o sigma maiúsculo quanto o minúsculo têm diversos significados na Matemática. Um sigma maiúsculo é comumente usado para representar somatório, enquanto o sigma minúsculo é mais conhecido por representar desvio padrão.

Para que dois objetos sejam congruentes, eles devem ter o mesmo tamanho e forma. Isso significa que um caberia perfeitamente sobre o outro, mesmo que um deles precise ser virado ou rodado.

Um vetor é um objeto que tem magnitude e direção. Vetores não são somente úteis na resolução de problemas matemáticos, eles também são usados em várias disciplinas de ciências como Física e Engenharia.

A letra delta maiúscula é comumente usada na Matemática para representar uma mudança de valor. O delta de um rio, na natureza, é chamado assim por causa de sua forma que relembra a letra do alfabeto grego.

A unidade imaginária é definida como a raiz quadrada de -1. Tecnicamente, é o único número imaginário e forma um número complexo quando multiplicado por um número real (por exemplo, 5i).

Leonhard Euler (pronunciado como "oiler") foi um matemático, astrônomo, engenheiro, lógico e físico suíço do século XVIII. O número de Euler é apenas um dos diversos conceitos nomeados com base em seu nome.

A transformada de Laplace foi descoberta por Pierre-Simon Laplace, um acadêmico francês do século XIX. Pelo seu trabalho na física, matemática e astronomia, o acadêmico francês é considerado como o Newton francês.

Épsilon é a quinta letra do alfabeto grego. A maioria das pessoas que estudam Matemática podem associar o épsilon minúsculo a um conjunto de teorias, que significa "é um número de" ou "é um elemento de".

Uma integral dupla é a forma de uma integração múltipla. É geralmente inafetada pela ordem de integração de duas variáveis.

O til é normalmente usado para representar "aproximadamente". Mas também tem uma grande variedade de usos na Matemática, incluindo a Estatística. Fora da Matemática, o til também tem vários usos, como a mudança de som em algumas línguas.

Enquanto todos os vetores têm magnitude (comprimento) e direção, vetores unitários são especiais pois eles têm o comprimento de 1. Um vetor unitário é normalmente usado na forma de uma letra com um ˆ em cima.

Um tipo de lemniscate também é conhecido como Lemniscate de Bernoulli. Normalmente, o símbolo é usado para representar infinidade.

O símbolo de uma integral de superfície fechada é feita de apenas um circuito e dois símbolos integrais. Esse sinal é relacionado à integral de linha fechada que tem um símbolo de integral única, e a integral de volume fechada, que tem três.

Linhas perpendiculares se encontram no ângulo reto, ou seja, 90 graus. Enquanto um pequeno arco é normalmente desenhado para representar o ângulo produzido por duas linhas, para a linhas perpendiculares, o ângulo é representado por uma pequena caixa.

Em aulas de Matemática, descobrir derivados de funções é, normalmente, ensinado primeiro e depois o descobrimento de integrais é introduzido como a operação reversa. O estiloso símbolo "S" para a integral significa a ideia do descobrimento de uma soma.

Segmentos de reta são geralmente identificados por letras maiúsculas que nomeiam seus pontos finais. Em geometria analítica, isso é levado mais adiante e as coordenadas dos pontos finais são considerados necessários para a identificação do segmento de reta.

Enquanto a operação é chamada tanto de nabla como del, o símbolo é simplesmente nabla. É a palavra grega para um tipo de harpa neste formato.

O número sendo usado em uma multiplicação que se repete é conhecido como a base. O número de vezes que é usado é chamado de potência, expoente ou index (plural: índices). Potências de 2, 3 e -1 têm o nome especial de quadrada, cúbica e recíproca, respectivamente.

O circunflexo (ou v invertido) é um símbolo muito usado para representar expoentes na forma impressa. Expoentes são tipicamente representados em sobrescrito ao lado da base. O circunflexo permite que a base e o expoente sejam colocados na mesma linha com o número após o circunflexo sendo o expoente.

O ponto decimal é usado para separar um número em partes inteiras e fracionárias. Enquanto o ponto é usado em muitos países, em outros a vírgula é usada, como no Brasil (por exemplo: 23.58 seria representado por 23,58). Há também países onde a apóstrofe é usada para tal função (23"58).

O termo "inequação" ou "não igual" indica que duas quantidades sendo considerados nunca são as mesmas. O termos "maior que" e "menor que" são maneiras mais específicas de mostrar que duas quantidades não são iguais. Para a possibilidade de que tais quantidades possam ser iguais em algum momento, os termos "menor ou igual a" e "maior ou igual a" são usados.

Embora, por definição, uma linha não tem profundidade, isso não acontece na prática. Até a linha mais fina que você desenha terá uma largura - não importando o tamanho.

O físico teórico Paul Dirac introduziu essa função. Desde então, é, por vezes, chamada de função delta de Dirac. No seu sentido mais restrito, entretanto, a função delta não é uma verdadeira função, parecendo mais com uma distribuição.

Explore mais quizzes

Imagem: Shutterstock

Sobre esse quiz

Às vezes, em matemática, números não são o bastante. Você conhece todos os símbolos básicos que matemáticos usam como segunda língua? Somente um conhecedor de matemática consegue adivinhar todos e, se você conseguir, nós te enviaremos para Harvard, para andar com o fantasma de John Nash. Símbolos, em todos os ramos da matemática, são usados para expressar fórmulas. Mas isso todo mundo já sabe. O que você pode não saber é que todos os símbolos significam diferentes conceitos e muitos desses conceitos são completamente arbitrários e foram criados como resultado da própria história da matemática! Então, a propósito, você sabe o que significa o “≡"? A resposta pode te surpreender. Se você ainda não está curioso, vamos te dizer mais alguns fatos. Símbolos básicos são muito usados em matemática e são aprendidos quando o currículo escolar nos apresenta as primeiras disciplinas de matemática. Existe um subconjunto de símbolos que são baseados na igualdade ou "=". Estes símbolos são derivados ou são similares ao símbolo de igualdade. Existem, também, símbolos que apontam para a direita e para a esquerda, colchetes, símbolos que não são baseados em letras e, ainda, símbolos que tem uma letra como base! (E seus modificadores, letras do Latim e, até mesmo, letras hebraicas e gregas. Juramos que não estamos de brincadeira!). Então, aí está! Agora que sua curiosidade foi acionada e seu coração está batendo mais forte, vamos testar seus conhecimentos em símbolos matemáticos e ver quantos você reconhece! Seu sabe-tudo!

Sobre o HowStuffWorks Play

O que sabe sobre dinossauros? O que é uma classificação de octanas? E como se usa um substantivo próprio? Felizmente para você, HowStuffWorks Play está aqui para ajudar. Nosso site premiado oferece explicações confiáveis e fáceis de entender sobre como o mundo funciona. Desde testes divertidos que trazem alegria ao seu dia até fotografias atraentes e listas fascinantes, o HowStuffWorks Play oferece algo para todos. Às vezes explicamos como as coisas funcionam, outras vezes perguntamos a você, mas estamos sempre explorando em nome da diversão! Porque aprender é divertido, então fique conosco!